DriveWeb

Porto Tech Hub junta 1.200 participantes em evento que “não concorre com a Web Summit” – ECO


Para efectuar a subscrição é necessário iniciar a sessão.

Esqueceu-se da palavra-passe?

Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.
Uma visão económica e política do país e do mundo. Exclusiva. Com assinatura. Só os membros desta comunidade têm acesso. Para decidir de forma informada, e antes dos outros. Não queremos assinantes, queremos membros ativos da comunidade.
{{ calculatePrice(‘premiumEco’) }} por ano por mês
{{ calculatePrice(‘premiumEcoAdvocatus’) }} por ano por mês
A Alfândega do Porto recebe esta sexta-feira perto de 1.200 participantes – o dobro do ano anterior – na Porto Tech Hub Conference, um evento que reúne o ecossistema tecnológico da região e que, pela primeira vez, tem cinco salas a funcionar em simultâneo com talks e workshops, com as principais tendências e novidades tecnológicas, a propósito de várias linguagens de programação fundamentais, a cloud e infraestruturas, cibersegurança, web moderna e Inteligência Artificial.
“O Porto ganha uma visibilidade nacional e internacional em ter a maior conferência tecnológica de Portugal com speakers [de multinacionais como a Google ou Oracle]. Mas que não concorre com o Web Summit, pois a Porto Tech Hub Conference é mais técnica, mais direcionada para quem trabalha no desenvolvimento tecnológico e que procura abordagens a novas linguagens de programação”, sublinha o presidente da Porto Tech Hub ao ECO/Local Online. Esta associação, que organiza a conferência, tem como missão promover e desenvolver a cidade Invicta como um hub tecnológico global. O evento conta com o apoio da Open Call for Innovation and Digital Transition da Câmara do Porto.
Luís Silva espera “atrair ainda mais negócios para o Porto como centro tecnológico global” com esta oitava edição do evento. “A conferência é uma mais-valia para a cidade, porque reúne todo o ecossistema tecnológico do Porto e especialistas estrangeiros da área tecnológica. É uma oportunidade para os participantes levarem depois conhecimento para dentro das empresas onde trabalham e terem novas oportunidades de carreira também”, resume o responsável.
A iniciativa conta com 40 speakers – o dobro de 2022 -, muitos deles internacionais e onde constam nomes como Mete Atamel, software engineer e developer advocate na Google, que vai abordar uma temática relacionada com a cloud; ou Nicolai Parlog, java developer advocate na Oracle, que vai falar sobre programação orientada para dados em Java (uma linguagem de programação). Josh Long, spring developer advocate na Pivotal, leva ao evento o tema Bootiful Spring Boot 3″ e é outro dos nomes de referência no mundo tecnológico presentes.
Ao palco do Porto Tech Hub Conference, que teve na abertura Ricardo Valente, vereador da Economia da autarquia portuense, sobem ainda Patrycja Wegrzynowicz, fundadora da Yon Labs – que vai falar sobre o guia do Hacker para “Kubernetes, e Aleksander Gavazon, principal JavaSript engineering lead na Intellias com o tema “NestJS Microservices – como construir um projeto”. Fawaz Ghali, principal data science architect and head of developer relations na Hazelcast vai abordar a “Criação de microsserviços de processamento de fluxo em tempo real de alto desempenho”.
A conferência é uma mais-valia para a cidade, porque reúne todo o ecossistema tecnológico do Porto e especialistas estrangeiros da área tecnológica. É uma oportunidade para os participantes levarem depois conhecimento para dentro das empresas onde trabalham e terem novas oportunidades de carreira também.
Presidente da Porto Tech Hub
A Porto Tech Hub Conference conta com o apoio de empresas como a Bosch, Adidas ou Critical Manufacturing. Este evento acontece desde 2015 e já contou com a participação de cinco mil pessoas e mais de 80 speakers. Já marcaram presença empresas de renome como eBay, Facebook, Spotify, Microsoft e Netflix.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.
De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história.
Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

10 de junho: “Vivemos 900 de passado sempre futuro”

Direita ganha peso na Europa. E agora?

BPI explica em campanha como celebrar as vitórias da seleção

PPE vence europeias com 46 lugares à frente de socialistas

Peregrinos sírios regressam a Meca no fim de veto saudita
SRS Legal assessora investimento da Indico Capital Partners
Sistema de compensação dos resíduos vai funcionar este ano
Novo tribunal vai tratar apenas de processos de imigração
90% dos 252.209 eleitores inscritos votaram antecipadamente
Governo muda tática e tenta baixar impostos por decreto
BdP vê regresso do défice com medidas do Governo
{{ noCommentsLabel }}
Ainda ninguém comentou este artigo.
Promova a discussão dando a sua opinião
No painel de convidados estão representadas algumas gigantes tecnológicas, como Google, Facebook, Microsoft, Netflix e Redhat.
Receba gratuitamente informação económica de referência
Disponível gratuitamente para iPhone, iPad, Apple Watch e Android
Atualize o seu browser para ter uma melhor experiência e visualização deste site. Atualize o seu browser agora
×

source