DriveWeb

Estudante de Santa Catarina é ouro em Web Design e pode representar o Brasil no torneio mundial de profissões … – Agência de Noticias CNI

Menu
Estatísticas
Publicações
Termômetro da indústria
Busca
O estudante Eric Marcelino da Silva, do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) de Santa Catarina, poderá representar o Brasil na ocupação Web Design no torneio mundial de profissçoes técnicas, a WorldSkills , em 2017, em Abu Dhabi. O jovem foi o primeiro colocado na seletiva realizada no Centro de Formação Profissional (CFP) do SENAI do Amapá. A competição premiou também Guilherme Lopes, de São Paulo, em segundo lugar, e Maximilly Gonçalves, de Alagoas, em terceiro.

A cerimônia de premiação dos melhores web designers foi realizada na última sexta-feira (29). A seletiva reuniu 14 competidores, representantes do SENAI e dos Institutos Federais dos estados do Amapá, Goiás, Alagoas, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina e do Distrito Federal.

“É difícil descrever em palavras o que estou sentindo, estou muito feliz. Agora é continuar trabalhando, para estar bem preparado para a competição internacional. Valeu muito a pena conhecer o Amapá e conquistar um prêmio tão importante”, disse o estudante campeão, Eric da Silva.

Para o diretor de Operações do SENAI do Amapá, Adriano Cardoso, o desempenho dos alunos na competição também está relacionado ao apoio dado pelos instrutores. “Todos os alunos que estão aqui já são vencedores, porque passaram por etapas anteriores, em seus estados, independentemente de quem foi premiado com medalhas. Além disso, é muito importante ressaltar a importância do docente na preparação de seus alunos, não só no aspecto técnico, mas no aspecto motivacional, do companheirismo. Junto com um aluno vencedor, certamente tem um professor campeão”, disse.

COMPETIÇÃO INTERNACIONAL – A WorldSkills é a maior competição  de educação profissional do mundo, que se realiza a cada dois anos. O torneio reúne competidores de países e regiões das Américas, Europa, Ásia, África e Pacífico Sul.  Durante as provas, os participantes devem completar os desafios propostos pela organização da competição dentro de padrões internacionais de qualidade, demonstrando habilidades técnicas individuais e coletivas em profissões técnicas da indústria e do setor de serviços. Há competições em áreas que vão desde a automação industrial, passando pela eletrônica e eletricidade até cozinha e confeitaria. Os mais bem colocados de cada uma das ocupações recebem medalhas de ouro, prata e bronze.Clique aqui para alterar o conteúdo.
Texto e foto: FIEAP 
Para a Agência CNI de Notícias 
Agência de Notícias da Indústria 2024 © Todos os direitos reservados
Política de privacidade • 
Termos de uso licença creative commonsatribuiçãocompartilha igual

source