DriveWeb

SP-Arte 2020: 10 lançamentos de design imperdíveis da primeira edição online da feira – Globo

Em sua primeira edição online, a SP-Arte reúne 136 expositores. Entre as galerias de arte, editoras, revistas e projetos artísticos independentes, destaca-se também o setor de design, com lugar cativo na feira há alguns anos. Mergulhamos na plataforma SP-Arte Viewing Room, disponível até 30 de agosto, e selecionamos 10 lançamentos, entre móveis e objetos, que valem a pena conhecer. Confira:
Mesas Piscina, da Alva Design (Foto: Studio Tertúlia)
Na nova coleção de mesas Piscina, a Alva Design buscou investigar a possibilidade de despir os móveis de seus significados mais diretos, restaurando os poderes da imaginação e possibilitando a coexistência da objetividade e da subjetividade. Dessa forma, os volumes e planos de azulejos, madeira e aço além de atenderem as funções de apoio, evocam outras leituras da realidade, enriquecendo nossas experiências ao promover uma aproximação de espaços de memória e subjetividade.
Luminária Canoa, de Ana Neute para Itens (Foto: Leo de Brito)
Objeto ancestral usado por diversos povos ao redor do mundo para transportar pessoas e suprimentos pelas águas, a canoa dá nome e serve de referência para o lançamento de Ana Neute para Itens. A simplicidade e a força do desenho vernacular inspirou a designer a criar a luminária pendente, que pode ser usada unitária com luz focada e direta próxima a mesa ou em conjunto, explorando alturas e tamanhos alternados. Cada peça é esculpida artesanalmente em madeira maciça de imbuia e freijó e o comprimento pode chegar a dois metros sem emendas.
Sofá Bernardo, de Gustavo Bittencourt (Foto: Divulgação)
Homenagem a seu segundo filho, Bernardo, este sofá homônimo de Gustavo Bittencourt tem inspiração no modernismo brasileiro. Em seu trabalho, o carioca reverencia materiais e processos tradicionais da marcenaria, ao mesmo tempo em que aporta um novo olhar. Feito de imbuia de demolição e estofados de linho costurados à mão, o móvel pode ser encomendado em medidas e acabamentos diversos.
Coelção Orgus, de Humberto da Mata (Foto: Divulgação)
A pesquisa sobre a construção manual de objetos do designer Humberto da Mata dá fruto à sua mais nova coleção: Orgus. Todas as peças apresentadas são executadas em cerâmica e papel machê. Depois de modeladas e secas, as de cerâmica são revestidas de vidrato, e as de papel com argamassa de argila e resina acrílica – estas últimas têm estrutura de metal e madeira. As peças de diferentes tipologias se relacionam pela estética orgânica que dá unidade ao grupo.
Cadeira Curva, do Metro Objetos para a +55design (Foto: Peu Campos)
Levar o modo de pensar a arquitetura para a escala dos objetos, através de composições com formas geométricas simples e uso de materiais em seu estado natural, é uma marca forte nos projetos de mobiliário do Metro Arquitetos, por meio do Metro Objetos. É o caso da linha Curva, desenvolvida para a +55design, em que os aspectos construtivos e as qualidades dos materiais utilizados são colocados em evidência, tendo como resultado formas leves e orgânicas. Na cadeira, o revestimento do encosto, do assento e dos braços é solucionado de forma simples com uma única peça em couro.
SP-Arte 2020: 10 lançamentos de design imperdíveis da primeira edição online da feira (Foto: Divulgação)
A coleção Morada, de Nicole e Luiza Toldi, foi criada especialmente para essa edição da SP-Arte com o intuito de enaltecer os sentimentos de gratidão e valorização por ter uma casa. Suas formas têm inspiração nos espaços que abrigam, protegem, resguardam e aquecem presentes na natureza: ninhos, cupinzeiros, tocas, casulos, formigueiros, colmeias e nossas próprias casas. São lugares que assistem a grandes metamorfoses e que exibem curvas e imperfeições únicas, como cada peça da coleção.
Coleção 1 + 1 = 3 dos designers Nicole Tomazi + Sergio Cabral (Foto: Marcelo Oséas/Divulgação)
A dupla Nicole Tomazi + Sergio Cabral uniu duas matérias-primas importantes em seus trabalhos individuais para dar corpo à coleção 1 + 1 = 3. Um gabinete, um banco e duas luminárias feitos com vime e plástico representam o encontro do campo com a cidade, do design com o artesanato, do feminino com o masculino, dos próprios designers. E o resultado é um terceiro elemento, os próprios produtos – todos em peças únicas e comercializados com exclusividade pela Stylo Classe.
Noemi Saga desenhou sucuris em grande escala, produzidas com rochas exóticas ornamentais brasileiras da Pettrus Mineradora (Foto: Lucas Silvestre)
Depois de lançar sua coleção Bichos do Brasil na MADE, a designer Noemi Saga, à frente do Noemi Saga Atelier, aumentou a escala e apresenta, agora na SP-Arte, sucuris de mais de 5 m produzidas em rochas exóticas ornamentais brasileiras da Pettrus Mineração. O desenho minimalista destaca as cores e os veios das pedras. Ao todo são três sucuris em diferentes rochas: Radica (marrom), Botanic (verde) e Planctum (rosa e verde).
Sofá Geta, da nova coleção assinada por Patricia Anastassiadis para a Artefacto (Foto: Divulgação/Artefacto)
O sofá Geta faz parte da nova coleção de móveis da Artefacto assinada pela arquiteta e designer Patricia Anastassiadis. A cultura japonesa foi fonte de inspiração para o desenho de parte da linha e os tradicionais tamancos japoneses serviram de referência para o design do sofá. Além das linhas precisas e de transmitir uma sensação de que está flutuando, o móvel conta com corrediças embutidas no estofado que permitem diversas configurações. É um sofá de living que conta com mesa de apoio, pode virar uma chaise e até servir como cama.
SP-Arte 2020: 10 lançamentos de design imperdíveis da primeira edição online da feira (Foto: Marcelo del Duque)
Para a série Bichos da Serrinha, o Plantar Ideias resgatou conceitos do mobiliário indígena tradicional brasileiro ao desenvolver, sob a curadoria do artista Fabio Delduque, idealizador do Festival de Arte Serrinha, peças de design inspirados na fauna que habitam a fazenda homônima, território de conservação ambiental, com remanescentes da Mata Atlântica. As aves como o Saira Sete Cores, o Alma de Gato e o Tucano Mirim, deram origem a esculturas que podem pousar livremente sobre mesas, estantes e janelas. Já os mamíferos como o Lobo Guará, o Porco Espinho, o Macaco Bugio e o Tamanduá Mirim, dão forma a bancos, mesas de apoio e luminárias.

source