DriveWeb

Aumentos surpreendentes nos testes de velocidade de Internet em Portugal em 2023 – 4gnews

O NET.mede revelou os dados referentes aos testes de velocidade realizados ao longo do ano de 2023. Esta plataforma para aferir a qualidade da Internet em Portugal destaca mudanças no comportamento dos utilizadores e na qualidade das ligações.
Em 2023, o NET.mede registou cerca de 663 mil testes à velocidade da Internet. Existiu uma redução de 11% em comparação com o ano anterior. Esta diminuição é interpretada como um sinal de normalização após os anos de 2020 e 2021. Estes foram marcados por restrições da COVID-19, que impulsionaram uma procura intensa pelos serviços da plataforma.
Durante os anos de confinamento, a necessidade de uma ligação estável e rápida tornou-se mais promete. O que levou a um aumento exponencial de testes. Com o abrandamento das restrições e a adaptação a uma nova realidade, o número de testes tende a estabilizar.
Um dos pontos em destaque nos dados divulgados é a mudança na distribuição dos testes por tipo de acesso. Em 2023, 65% dos testes foram realizados em acessos fixos residenciais. Apenas 26% foram feitos em acessos móveis. Esta alteração é atribuída principalmente à diminuição dos testes realizados em acessos fixos nacionais.
Os padrões de utilização da Internet refletem-se nos horários em que os testes são mais frequentes. Nos acessos fixos residenciais, os picos de teste ocorrem entre as 16 e as 22 horas. Estes coincidem com os períodos de maior atividade doméstica. Já nos acessos móveis, os testes são mais comuns durante a manhã. Seja volta das 10-11 horas, e à tarde, por volta das 15-16 horas.
A análise dos testes por região revela que a Área Metropolitana de Lisboa e o Norte do país concentram o maior número de testes. E isto verifica-se tanto em acessos fixos como em acessos móveis. Lisboa lidera o ranking de testes em ambos os tipos de acesso, seguida por Sintra em acessos fixos residenciais e Porto em acessos móveis.
Os resultados medianos dos testes indicam uma melhoria significativa na velocidade da Internet em comparação com o ano anterior. Nos acessos fixos residenciais, houve um aumento de 46% na velocidade de download e de 31% na velocidade de upload. Já nos acessos móveis, os aumentos foram de 12% tanto na velocidade de download como na velocidade de upload, com uma diminuição de 3% na latência.
De destacar que os testes realizados na rede móvel 5G apresentaram os melhores resultados. Possuem uma velocidade de download de 101 Mbps, uma velocidade de upload de 22 Mbps e uma latência de 28 milissegundos.
Editores 4gnews recomendam:
Notícias de tecnologia e reviews especializadas
Mantém-te à frente no mundo da tecnologia com notícias, análises e guias especializados. Descobre tudo sobre smartphones, gadgets, IA e muito mais

source